Início » Cisto Sinovial: O que é esse caroço que apareceu na minha mão?

Cisto Sinovial: O que é esse caroço que apareceu na minha mão?

O cisto sinovial, muitas vezes chamados de caroço pelos pacientes, são como pequenas bexigas, que tem origem nas articulações e são preenchidas por um líquido espesso e viscoso. Podem ser causa de dor no punho e podem também gerar desconforto do paciente com o aspecto estético.

Você está desconfortável com um nódulo que apareceu no meio do punho? Sente incomôdo no punho para realizar exercícios da Yoga ou flexão de braço? Está preocupado com o que pode ser “essa bolinha”e se o quadro pode se agravar se não tratado rapidamente?

Provavelmente você tem um cisto sinovial! Veja neste texto informações sobre esse problema tão comum!

O que é o “caroço” chamado cisto sinovial? É um tumor?

Sim! Toda “massa” que cresce no nosso organismo e não é esperada na anatomia habitual é chamada de tumor. Mas não se assuste… os cistos sinoviais são BENIGNOS, ou seja, não vão se alastrar ou se tornar algo grave. Esses “caroços” são os tumores de partes moles mais comuns nas mãos e punhos. Entretanto, é importante destacar que avaliação com especialista é fundamental, pois não é incomum outras lesões serem confundidas com cistos.

O cisto sinovial é como uma bolsa, cheia de um líquido viscoso, que parece um gel de cabelo. Geralmente aparece em pessoas jovens (com menos de 40 anos na maior parte das vezes) e é mais comum em mulheres.

Pode aparecer em qualquer lugar da mão, mas a localização no dorso do punho é muito mais comum (foto).

Figura: A localização mais comum para o cistos sinovial é no dorso do punho.
Cisto Sinovial operado | Dra. Renata Paulos
Figura: Aspecto intraoperatório de um cisto operado pela técnica aberta. (Também é possível realizar o tratamento por via artroscópica).

E por que este caroço / cisto sinovial apareceu no meu punho? É por causa do meu trabalho?

Apesar de existirem teorias para explicar o aparecimento dos cistos sinoviais, não há um consenso, ou uma causa bem definida. Pequenos traumas repetitivos podem ser um fator que contribua no aparecimento.

Não foi observada relação clara com nenhum trabalho.

Que sintomas o cisto sinovial do punho pode causar?

As queixas mais comuns são em relação ao aspecto estético e dor. Alguns pacientes referem também sensação de fraqueza. Diminuição da mobilidade do punho acometido em relação ao punho “normal” também pode ser vista em alguns pacientes

O quadro pode ser muito variado. Muitos pacientes têm incômodo apenas com a questão estética e não sentem qualquer dor. Em contrapartida, muitas pessoas têm dor no punho sem ter algo aparente e descobrem por meio de um exame que a dor é proveniente de um pequeno cisto, imperceptível quando olhamos o punho.

Qual a velocidade de crescimento do cisto sinovial?

Não há algo certo a esse respeito.

O cisto sinovial pode crescer rápido ou devagar, pode diminuir e pode, inclusive, sumir sozinho… O curso é, na verdade, imprevisível. Muitos pacientes referem aumento quanto tem atividades mais intensas com o punho e diminuição quando ficam em repouso.

Quais exames devem ser solicitados quando aparece um caroço na mão? Qual é o exame para diagnosticar o cisto sinovial?

O cisto sinovial do punho com a localização mais típica pode ser diagnosticado por meio do exame físico realizado por um médico especialista.

Entretanto exames de imagem sempre costumam ser solicitados para documentar a alteração ou confirmar o diagnóstico.

Ultrassom e ressonância magnética são os exames que podem ser solicitados.

Cisto Sinovial | Dra. Renata Paulos
Fig. Exemplo de ressonância evidenciando cisto volar do punho

Ressonância do punho | Dra. Renata Paulos
Fig. Ressonância do punho que mostra dois pequenos cistos

Como deve ser o seu tratamento?

O tratamento tem que ser individualizado, varia de acordo com o tamanho, sintomas, localização do cisto e com a preferência do paciente.

Pode ser desde a observação (ou seja, não fazer nada), para os pacientes que não tem dor e não se incomodam com a questão estética.

Dependendo do cisto, pode-se realizar uma punção aspirativa (chance maior de recidiva, entretanto técnica simples e realizada no consultório com auxílio de ultrassom). E há opção do tratamento cirúrgico, que é o mais efetivo e pode ser realizado de diferentes maneiras (via aberta ou artroscópica).

Cisto Sinovial: Tratamento Artroscópico | Dra. Renata Paulos
Figura: Ilustração de um cisto dorsal do punho e representação do seu tratamento artroscópico. (Referência: Imagens adaptadas de Christophe Mathoulin. Wrist Arthroscopy Techniques – Second edition.)
Ressecção de cisto sinovial dorsal | Dra. Renata Paulos
Imagem intraoperatória de uma artroscopia do punho durante ressecção de cisto sinovial dorsal.

Importante: Todo tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa. O Núcleo de Ortopedia Especializada possui especialistas renomados em todas as áreas da Ortopedia moderna. Consulte um ortopedista especialista em mãos.

FAQ

1. Porque esse caroço (cisto sinovial) dói?

O cisto em si é indolor, mas pode gerar sintomas dolorosos por comprimir estruturas ao seu redor.

2. Esses caroços (cistos sinoviais) podem aparecer em outros locais do corpo?

Sim! Os cistos sinoviais são muito comuns na mão e no punho, mas podem ter origem em qualquer articulação  (veja cistos no pé e no joelho).

3. Os cistos sempre vem das articulações?

Os cistos sinoviais têm origem nas articulações, mas existem outros tipos de cistos, como cistos de tendão, cistos de polia (túnel por onde os tendões passam), entre outros.

4. Cisto perto da unha pode causar muita dor?

Devemos primeiramente verificar qual é o diagnóstico.
Um cisto que aparece próximo à articulação interfalangeana distal, pode ser o chamado cisto mucoso, que ocorre por degeneração/artrose dessa articulação e a artrose pode ser a causa da dor. Outra causa típica de dor intensa na unha é o tumor glômico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
Rolar para cima