Início » Corte no nervo: saiba quando é necessário tratamento cirúrgico e como é a recuperação

Corte no nervo: saiba quando é necessário tratamento cirúrgico e como é a recuperação

Corte de nervo é algo frequente e que precisa ser encaminhado de forma urgente para um especialista, uma vez que pode afetar a sensibilidade, a força muscular e causar perda de movimentos. Um ferimento cortante que atingiu o nervo necessita de tratamento especializado.

Como saber se o corte pegou um nervo?

Quando um nervo é lesado, sua função fica prejudicada. Em geral é possível identificar se um corte pegou um nervo a partir dos sintomas que ocorreram após o ferimento.

No caso de um nervo sensitivo, ficaremos sem sentir de forma normal a região a que ele se destina (dormência e formigamento são sintomas comuns, assim como perda de sensibilidade ao toque ou calor/frio).

Para um nervo motor, movimentos específicos poderão ficar prejudicados e fraqueza muscular também pode ser uma queixa.

Sensação de choque é um dos sinais observados nas lesões dos nervos.

Avaliação por um médico especialista é fundamental.

De acordo com a localização do corte, haverá necessidade de testarmos coisas diferentes ao examinar um paciente. Conhecimento da anatomia, função de cada nervo e variações existentes são importantes para o diagnóstico adequado.

Corte no nervo: Anatomia | Dra. Renata Paulos
Figura: Anatomia microscópica do nervo. Os nervos são como um conjunto de  “cabos elétricos” que enviam os comandos ao nosso cérebro. Referência da figura: https://www.researchgate.net/figure/Peripheral-nerve-anatomy-The-figure-was-adapted-from-Ref-30_fig1_321787448

Quando o corte atinge um nervo, é necessário tratamento cirúrgico?

Sim! Para que um nervo que foi cortado recupere sua função, tratamento cirúrgico é necessário.

Quanto tempo devo esperar para ver se a cirurgia é necessária?

Na verdade, não devemos esperar!

Se houve um corte e há diagnóstico de lesão do nervo, o tratamento cirúrgico deve ser feito o quanto antes.

Como é feita a cirurgia de lesão de nervo? Como um nervo é “costurado”(suturado)?

Para tratamento de uma lesão de nervo, técnicas microcirúrgicas são utilizadas.

Operamos utilizando lupas cirúrgicas e microscópio.

Corte no nervo: técnica microcirúrgica | Dra. Renata Paulos
Utiliza-se microscópio e técnica microcirúrgica para o tratamento de lesões dos nervos periféricos.  Na foto, Dra. Renata Paulos operando uma lesão de nervo no punho com o uso de um microscópio.

O material cirúrgico é extremamente delicado e o fio utilizado para dar pontos no nervo é mais fino que um fio de cabelo.

Após os pontos, costumamos usar também uma substância chamada cola de fibrina.

A técnica cirúrgica tem que ser minuciosa e o bom resultado é muito influenciado pela habilidade e experiência do cirurgião. O médico irá escolher a melhor técnica a ser utilizada. Algumas vezes o nervo precisa ser “mudado de lugar”, pode haver necessidade de enxerto de nervo ou de transferência nervosa (backlink).  O especialista irá explicar qual é o melhor tratamento no seu caso.

O que influencia na recuperação após a cirurgia do nervo?

A recuperação após a cirurgia para a reparação do nervo pode variar de pessoa para pessoa, e é influenciada por diversos fatores, como:

  • Tempo entre a lesão e a cirurgia: Quanto maior o tempo decorrido entre a lesão e o tratamento cirúrgico, pior é o prognóstico.
  • Gravidade da lesão
  • Localização da lesão – Quanto mais perto a lesão for do local em que o nervo tem sua função, melhor chance de recuperação.
  • Idade: a recuperação pode ser mais lenta em pessoas mais velhas
  • Condições médicas pré-existentes: Alguns problemas de saúde podem prejudicar a recuperação (diabetes, por exemplo)
  • Adesão ao programa de reabilitação. Seguir corretamente o programa de reabilitação é fundamental para maximizar a recuperação da função nervosa e minimizar as sequelas.
  • Técnica cirúrgica utilizada.

Ser tratado por um especialista com experiência na área faz grande diferença. As cirurgias são complexas, realizadas com material microcirúrgico e microscópio e requerem habilidade e experiência para serem realizadas com maior chance de sucesso.

Como é a recuperação após a cirurgia de reparo do nervo? Minhas funções vão voltar completamente?

Deve-se destacar que a recuperação da cirurgia para o reparo de uma lesão de nervo é demorada!!

É importante entender que os nervos se regeneram a uma taxa muito lenta, cerca de um milímetro por dia. Portanto, a recuperação é um processo longo e gradual, que geralmente leva vários meses a um ano.

Geralmente utilizamos imobilização nas primeiras semanas, dependendo do tipo de lesão e da localização. Medicamentos analgésicos são prescritos.

Seguimento com equipe multiprofissional é importante. Além do médico especialista, que faz o tratamento cirúrgico, o paciente necessitará de um profissional experiente para reabilitação (terapeuta da mão/ fisioterapeuta). Dependendo dos sintomas, também haverá benefício de acompanhamento com especialista no tratamento de dor – fundamental para os pacientes que desenvolveram síndrome da dor complexa regional (distrofia simpático reflexa).

Devemos ressaltar que a cirurgia não garante a recuperação total da função nervosa. Como dito previamente, diversos fatores influenciam o prognóstico.

Neste texto, falamos especificamente sobre lesão de nervo após corte (como pode ocorrer, por exemplo, em corte no dedo), no site há também textos sobre lesão do plexo braquial, cirurgia de transferência de nervo, pé caído entre outros.

Dra Renata Paulos fez Faculdade de Medicina na USP, possui diploma de Especialista da USP e da Sorbonne Université (Paris). Seu doutorado foi realizado na área de Lesões de Nervo.

Agende sua consulta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress
Rolar para cima