Rizartrose

Rizartrose é uma causa muito frequente de dor no polegar. A dor pode se tornar forte a ponto de trazer muita dificuldade para que a pessoa realize atividades do dia a dia, como levantar a calça e abotoar uma camisa, por exemplo.

O que é a rizartrose?

É a alteração de uma articulação que se localiza na base do polegar.

A rizartrose costuma atingir mulheres após os 50 anos (pode acometer homens, mas é muito mais frequente no sexo feminino) e está relacionada ao “desgaste” da articulação entre um osso chamado trapézio e o primeiro metacarpo (em estágios avançados pode haver artrose também entre o trapézio e o escafoide).

Pode aparecer em mulheres jovens também, mas nesses casos, costuma estar relacionada à uma instabilidade da articulação (por frouxidão dos ligamentos, por exemplo) e não ao “desgaste” propriamente dito.

Quais os seus sintomas?

O sintoma mais comum é dor. Algumas mulheres referem dores constantes que por vezes se tornam muito fortes (como se passassem por “crises”).

A dor pode se tornar muito intensa e trazer grande dificuldade nas atividades cotidianas, , como abotoar e desabotoar calças e camisas, por exemplo, ou abrir potes e torcer panos.

Dor para escrever e dor ao realizar movimento de pinça para segurar algo são queixas comuns, independente da idade de acometimento.

Outros sintomas também podem estar presentes, como inchaço na região, sensação de “rangido” e em casos mais avançados , até uma deformidade grave do polegar (polegar em “M”ou “Z”/ polegar em zig-zag).

Como o diagnóstico é feito?

O diagnóstico é feito através do exame físico e do RX.

Durante a consulta, o especialista avaliará a localização da dor e fará testes específicos. Radiografias costumam ser solicitadas para observarmos o grau de acometimento da articulação.

Raio-x com aspecto avançado da rizartrose | Dra. Renata Paulos

Fig – À esquerda podemos ver um raio-x com aspecto normal da articulação. À direita observamos uma alteração muito evidente – aspecto avançado da rizartrose.
*Na grande maioria dos casos, as alterações radiográficas não são tão acentuadas como neste exemplo. Importante saber, também, que em um estágio inicial, o raio-x pode não mostrar alterações. (O exame físico realizado pelo especialista é essencial.)

Como tratar a rizartrose?

O tratamento inicial costuma ser com uso de órtese para imobilização (figura) e medicação anti-inflamatória.

Se não houver controle com o tratamento não cirúrgico e o paciente mantiver dor e dificuldade para realizar suas atividades cotidianas, a cirurgia pode ser indicada.

OBS: é muito importante que primeiramente o especialista avalie se todos os sintomas do paciente são decorrentes da rizartrose, pois sabemos que aproximadamente 30% dos pacientes que tem rizartose, apresentam também síndrome do túnel do carpo.

Como é a cirurgia para rizartrose?

O tipo de cirurgia dependerá do estágio de evolução da rizartrose. Existem diferentes técnicas que podem ser empregadas.

Geralmente o osso trapézio é ressecado e fazemos um tipo de reconstrução ligamentar. Há um período de imobilização de aproximadamente 6 semanas nesses casos.

Importante: Todo tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um ortopedista especialista em mãos.

FAQ

1. O que causa dor no dedo polegar?

Diversas alterações podem ocasionar dor no polegar. Entre elas:
• Rizartrose
Tenossinovite de De Quervain
Polegar em gatilho
Síndrome do Túnel do Carpo (formigamento)

2. Como aliviar a dor da Rizartrose?

Geralmente com medicação analgésica e anti-inflamatoria e também com o uso de órtese para imobilização.

3. Como é a tala para rizartrose?

Para poder utilizar também durante o dia, sem prejudicar muito a realização das atividades, órteses curtas são as mais indicadas.
Exemplos:
Talas para Rizartrose | Dra. Renata Paulos
Para o uso noturno, imobilizadores mais longos podem também ser confeccionados, como o exemplo abaixo:
Imobilizadores mais longos, para uso noturno. | Dra. Renata Paulos

4. Tinha artrose do quadril e artrose no joelho e coloquei prótese. Existe prótese para rizartrose?

Foram desenvolvidas próteses para o tratamento da rizartrose, entretanto, a taxa de complicação costuma ser maior sem, de forma geral, haver benefício em relação às técnicas classicamente empregadas.
Exemplo de Prótese para Rizartrose | Dra. Renata Paulos
Fig: Exemplo de prótese para o tratamento da rizartrose

* Créditos da imagem: Chirurgie de la Main. Tome 3 : Affections rhumatismales, dégénératives. Syndromes Canalaires. Michel MERLE. Ed. MASSON.

 

This Post Has 3 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *