Schwannoma ou Neurilemoma

Quando notamos algum aumento de volume, inchaço ou nódulo é natural que fiquemos preocupados. Neste texto conversaremos sobre o Schwannoma ou neurilemoma. Você já ouviu falar?

O que é o schwannoma/neurilemoma?

É o tumor benigno dos nervos mais comum dos membros superiores.

Tem origem nas células de Schwann (figura) , que passam a se proliferar de forma desordenada, resultando em um tumor de crescimento lento e  bem delimitado.

Estrutura de um neurônio

Estrutura de um neurônio. Ilustração: Designua / Shutterstock.com [adaptado]

O Schwannoma ou neurilemoma geralmente aparece na face flexora do antebraço e da mão, e é visto com mais frequência em pacientes com idade entre 30 e 60 anos. Acomete igualmente homens e mulheres, independente da etnia.

Quais são os seus sintomas?

Os pacientes frequentemente notam um aumento de volume ou uma tumoração/ nódulo indolor, mas algumas vezes pode haver déficit neurológico.

Schwannoma | Dra. Renata Paulos

Paciente se queixava de aumento de volume, com incômodo à palpação local e sensação de choque quando algo batia na região. O aumento de volume, ao se olhar o local, pode ser discreto, já à palpapação, a alteração fica evidente

Queixas de  formigamento e dor também podem estar presentes. Compressão ou percussão sobre o tumor pode causar sensação de choque em muitos pacientes.

O Schwannoma costuma ser móvel no plano transverso ao trajeto do nervo, mas imóvel no plano longitudinal.

Qual exame costuma ser solicitado na suspeita de um Schwannoma/ neurilemoma?

A ressonância magnética é o exame que costuma ser solicitado.

É um exame muito útil para indicar a localização precisa do tumor, a sua origem e diferenciá-lo de alguns outros tipos de tumor (como cistos) mas é importante destacar que não dá certeza sobre o diagnóstico. Embora alguns achados na ressonância possam ser sugestivos do Schwannoma (como a presença de uma cápsula ao redor do tumor e a localização periférica da lesão), o exame não tem uma acurácia de 100% para diferenciar o Schwannoma de um outro tumor de nervo (como neurofibroma por exemplo).

* O diagnóstico é possível apenas com o anatomopatológico.

Schwannoma | Dra. Renata Paulos

Exemplo de ressonância magnética de um Schwannoma/ Neurilemoma e aspecto do tumor no intraoperatório.
Imagens ilustrativas do Green’s Operative Hand Surgery

Qual o tratamento para o Schwannoma/ neurilemoma?

O tratamento deve ser cirúrgico com ressecção da lesão e envio da mesma para o exame anatomopatológico.

A cirurgia é feita com material microcirúrgico e com magnificação, isto é, utilizamos lupas e/ou microscópio para realizar a dissecção do tumor de forma mais precisa e com isso diminuir as chances de qualquer sequela para o paciente.

Importante: Todo tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um ortopedista especialista em mãos.

Referências:
Green’s Operative Hand Surgery

FAQ

1. Depois de operado, o Schwannoma ou Neurilemoma costuma voltar?

A recorrência desse tumor é algo incomum.

2. Corro o risco de ficar com sequelas?

Existe, sim, a chance de ter algum déficit neurológico permanente, mas na grande maioria das vezes não é isso que ocorre nos casos de schwannoma / neurilemoma. Inclusive, os déficits neurológicos, quando presentes antes da cirurgia, costumam melhorar com o tratamento.
 
*Para outros tumores de nervo, como o neurofibroma, a chance de déficit neurológico é maior.

3. O Schwannoma/ neurilemoma pode aparecer no dedo?

Sim, o Schwannoma pode aparecer em qualquer região… embora seja mais comum no punho que no dedo.
No dedo temos também a possibilidade de se tratar de um tumor de células gigantes. Ele é mais comum que o Schwannoma/ neurilemoma, não se origina do nervo, mas pode causar sintomas neurológicos pela compressão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *