Agendamento: 11 5084.1280 | 11 3050.5570
Tenossinovite De De Quervain

Tenossinovite de De Quervain

Você tem um bebê pequeno e tem muita dor ao movimentar (“abrir”) o polegar? 

Provavelmente o que você tem é tenossinovite de De Quervain.

Este problema é comum em mulheres pós parto e que estão amamentando e  também é comum na quinta e sexta décadas de vida. nesses casos, sem relação com a maternidade.

Apesar de acometer mais frequentemente mulheres, homens também podem apresentar o problema.

Os tendões que estendem o punho e os dedos, ao passar pelo dorso do punho, estão divididos em seis compartimentos. O problema em questão ocorre no primeiro compartimento, que contém tendões de dois músculos que participam da movimentação do polegar (abdutor longo do polegar e extensor curto do polegar)

Pode causar dor de forte intensidade, sendo que algumas pessoas descrevem como uma sensação de facada. Pacientes geralmente tem bastante dor para realizar movimentos como de torcer um pano, por exemplo, ou qualquer atividade que faça a abdução (“abertura”) do polegar.

É comum mulheres na fase da amamentação  dizerem que têm dificuldade de pegar o bebê por conta da dor e que têm até medo de derrubar a criança.

O diagnóstico é feito por meio do exame físico e o tratamento não cirúrgico costuma ter muito sucesso nas pacientes que apresentam o problema durante o período da amamentação.

Para tratamento, pode ser realizada uma infiltração local. Imobilizador, compressa com gelo e exercícios de alongamento também podem ser recomendados.

Cirurgia é indicada para os casos que não melhoraram com o tratamento não cirúrgico.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *